A Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial – Resumo

Em relação à participação do Brasil, o presidente Getúlio Vargas reconheceu o estado de guerra contra a Alemanha, o Japão e a Itália em 1942, após o afundamento de navios mercantes brasileiros.

Os primeiros soldados brasileiros (os pracinhas da FEB), de um contingente total de 25 mil homens, partiram para a Europa em julho de 1944… Veja abaixo, um resumo completo sobre esta guerra.

Soldado Brasileiro na Segunda Guerra Mundial – História do Brasil

A Segunda Guerra Mundial teve início em 1° de setembro de 1939, com a invasão da Polônia pela Alemanha. Inicialmente, o Brasil se manteve neutro no conflito, optando em 1942 pelo apoio aos países Aliados (EUA, Inglaterra, França e União Soviética), que lutavam contra os países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão).Em troca do apoio aos Aliados, os EUA forneceram dinheiro ao Brasil, que foi investido na construção da Companhia Siderúrgica Nacional. Além do apoio aos Aliados, Vargas também permitiu a instalação de uma base militar norte-americana em Natal, Rio Grande do Norte. Em 1944, tropas da FEB (Força Expedicionária Brasileira) e da FAB (Força Aérea Brasileira) foram enviadas à Europa, onde participaram de várias batalhas na Itália.

Em 1945, as tropas Aliadas venceram definitivamente as tropas do Eixo, finalizando a Segunda Guerra Mundial. A vitória das tropas Aliadas provocou uma tremenda reviravolta no Brasil. A ditadura exercida por Vargas passou a ser questionada e a ser combatida pêlos militares e pela sociedade, que, a exemplo do que ocorria no exterior, passaram a exigir a imediata redemocratização do país. Cedendo às pressões, Vargas fez uma série de concessões, entre elas:

– Concedeu anistia ampla, libertou os comunistas e os presos políticos e permitiu a volta dos exilados ao país;

– Aprovou eleições diretas em todo o país;– Permitiu a formação de partidos políticos, como a UDN (União Democrática Nacional), o PSD (Partido Social Democrático), o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), o PSP (Partido Social Progressista) e a legalização do PCB (Partido Comunista Brasileiro). O PSD e o PTB foram criados por Getúlio Vargas.

Durante a campanha eleitoral foi lançado um movimento favorável à continuidade de Vargas no poder, o movimento Queremista, que dizia: “Queremos Getúlio “. Na época, muitos políticos e militares concluíram que o queremismo era, na verdade, mais uma manobra política de Vargas para permanecer no poder. Diante dos fatos, os generais Gois Monteiro e Eurico Gaspar Dutra depuseram Vargas do poder. Em seguida, o poder foi entregue provisoriamente a José Linhares, que era presidente do Supremo Tribunal Federal.

Sobre admin